Artwork

Nội dung được cung cấp bởi Rádiofobia Podcast Network. Tất cả nội dung podcast bao gồm các tập, đồ họa và mô tả podcast đều được Rádiofobia Podcast Network hoặc đối tác nền tảng podcast của họ tải lên và cung cấp trực tiếp. Nếu bạn cho rằng ai đó đang sử dụng tác phẩm có bản quyền của bạn mà không có sự cho phép của bạn, bạn có thể làm theo quy trình được nêu ở đây https://vi.player.fm/legal.
Player FM - Ứng dụng Podcast
Chuyển sang chế độ ngoại tuyến với ứng dụng Player FM !

Pod Notícias 010 - 100 milhões de americanos já ouvem podcast semanalmente

18:47
 
Chia sẻ
 

Manage episode 411293829 series 2450309
Nội dung được cung cấp bởi Rádiofobia Podcast Network. Tất cả nội dung podcast bao gồm các tập, đồ họa và mô tả podcast đều được Rádiofobia Podcast Network hoặc đối tác nền tảng podcast của họ tải lên và cung cấp trực tiếp. Nếu bạn cho rằng ai đó đang sử dụng tác phẩm có bản quyền của bạn mà không có sự cho phép của bạn, bạn có thể làm theo quy trình được nêu ở đây https://vi.player.fm/legal.

Começa agora o POD NOTÍCIAS, a sua dose semanal de informação sobre o mercado de podcasts no Brasil e no mundo!

Falando de Serra Negra eu sou Leo Lopes, hoje é segunda-feira, dia 8 de abril de 2024 e esta é a nossa décima edição!

Sabia que você pode anunciar com a gente aqui no Pod Notícias? Se você tem uma marca, produto ou serviço e quer atingir um público qualificado que se interessa pelo podcast aqui no Brasil, o nosso público é o seu público. Manda um e-mail pra gente no contato@podnoticias.com.br, que a gente vai ter o maior prazer em conversar com você. Além disso, se você quiser colaborar com a gente, mandar texto, mandar pauta, também é muito bem-vindo, e pode fazer isso também pelo mesmo e-mail, que vai estar na descrição do episódio.

1 - Abrindo as notícias desse programa, vamos falar da nossa manchete de hoje. De acordo com a empresa Edison Research, lá nos Estados Unidos já existem mais de 100 milhões de ouvintes semanais de podcast.

A gente pincelou essa informação no episódio da semana passada, quando a gente falou que os podcasts já tem mais adesão do que a Netflix, mas hoje vamos trazer mais dados sobre como esse número impacta o cenário do podcast.

Primeiramente, o podcast não é mais considerado uma "mídia alternativa" nos Estados Unidos. Com esses números, por lá, nós já seríamos uma mídia mainstream, um veículo que caiu no gosto de todo mundo.

O hábito de ouvir podcasts no carro, principalmente num país cheio de carros tipo os Estados Unidos, também está em alta - e isso ameaça as rádios AM/FM, que sempre dominaram os trajetos dos americanos. A pesquisa também indicou aumento da familiaridade do público geral com podcasts, além da fidelidade dos ouvintes ao formato, com 47% deles ouvindo todo mês.

Outro ponto importante levantado no relatório, foi a diminuição da diferença de gênero no consumo de podcasts, com um aumento no número de ouvintes mulheres. A faixa etária dos ouvintes também está cada vez mais equilibrada. Ouvintes mais velhos são cada vez mais comuns - e talvez até passem o número de ouvintes jovens daqui a alguns anos.

Link

2 - Ainda de acordo com o Infinite Dial da Edison Research, o número mais expressivo de ouvintes de podcast ainda está na faixa dos 18 aos 34 anos. De toda essa faixa etária, cerca de 60% é ouvinte leal de podcasts.

Aliás, nesse grupo etário, o engajamento com anúncios de áudio é bem maior do que com anúncios feitos em streaming de músicas ou na TV.

Mas, apesar dos números indicarem que o podcast é uma das melhores mídias pra colocar uma propaganda, os investimentos publicitários em podcasts ainda são baixos e representam só 1% do total de gastos com publicidade nos Estados Unidos.

De acordo com vários especialistas de marketing, a sugestão é que as marcas reavaliem suas estratégias e dêem mais destaque aos podcasts, especialmente considerando o público feminino - já que cada vez mais mulheres tem acompanhado podcasts, e o poder de compra feminino tende a ser maior do que os homens para produtos.

Uma recomendação específica que foi dada, é que as empresas adotem a "solução 5% de Semsky", que consiste em colocar 5% do orçamento de mídia digital em podcasts, seguindo uma abordagem parecida com a que foi utilizada no início da TV a cabo pelo especialista Arnie Semsky.

Talvez agora que o podcast é considerado uma mídia convencional pros americanos, os anunciantes comecem a investir mais no áudio. Tomara que sim.

Link

3 - E chegamos ao dia em que o Google Podcasts foi oficialmente encerrado. Na terça-feira passada, dia 2, a plataforma foi descontinuada na América do Norte, com previsão de ser retirada do ar em até um mês.

Com o fim iminente do Google Podcasts, a empresa já estava fazendo campanhas havia vários meses pros usuários migrarem pro YouTube Music, que agora tem um novo visual na seção de comentários.

No novo formato, a aba de comentários do YouTube Music “empurra” o reprodutor para cima, exibindo os comentários dos usuários como se fosse uma gaveta de aplicativos, e o reprodutor encolhe no topo da tela pra virar um “mini player” que exibe o nome da música e do artista.

De acordo com o Google, outro recurso que está sendo testado é a otimização de comentários na parte dos podcasts. Esse novo design já foi liberado apenas para smartphones e não deve aparecer em tablets.

Link

AINDA EM NOTÍCIAS DA SEMANA:

4 - No dia 1º de abril, a empresa Accu Radio anunciou o lançamento de uma nova interface revolucionária chamada AccuGesture, com a qual os usuários poderiam controlar a experiência de streaming de música por meio de gestos humanos, sem precisar usar a tela sensível ao toque, o mouse ou mesmo a voz.

De acordo com o comunicado de imprensa, o sistema AccuGesture utiliza câmeras web e de smartphones para permitir que os ouvintes personalizem suas preferências apenas com movimentos. Alguns dos controles de movimento incluem se inscrever em um canal fazendo um simples sinal de "ok" para a câmera, ajustar o volume colocando os dedos nos ouvidos, classificar músicas desenhando estrelas no ar e banir músicas ou artistas com gestos específicos - que aqui é melhor a gente não comentar, mas talvez você imagine do que a gente tá falando...

A AccuRadio é uma plataforma de rádio online que desde o ano 2000 se destaca pela sua personalização, a variedade de conteúdos e a curadoria humana. E, sendo uma empresa que já é conhecida por ter esse approach humano, é claro que o anúncio era uma pegadinha de primeiro de abril. Só que o press release foi tão bem bolado, que muitos veículos de notícias acabaram noticiando como se fosse verdade - inclusive o Pod News, um dos maiores hubs de informação sobre podcast do mundo.

De acordo com o texto, a interface AccuGesture estava em período de testes e logo seria disponibilizada para outras plataformas. Quem sabe no dia 1º de abril do ano que vem esses testes se concluam.

Link

5 - E esse ano os podcasts estão tendo um crescimento bem significativo, talvez o maior desde 2022, o que levou alguns estudiosos da área a especular os motivos.

Alguns dos fatores chave desse crescimento incluem os avanços tecnológicos recentes, as mudanças nas preferências do consumidor e a evolução da mídia de áudio em geral - incluindo streamings de música e um novo fortalecimento do rádio.

Os podcasts, especialmente, estão impactando positivamente várias indústrias, como a do entretenimento, a da educação e também o marketing. Isso sem contar que os podcasters estão sempre buscando novas estratégias de monetização, o que movimenta novas pontas da economia.

As últimas previsões sobre o futuro do podcast indicam aumento contínuo do número de ouvintes nos próximos anos, e também aumento no valor de mercado da nossa mídia. Nada mais justo.

Link

E MAIS:

6 - O Realm Podcast Fellowship, sediado em Austin, Texas, anunciou uma nova parceria com o Festival de Cinema de Austin para patrocinar a Competição de Podcasts de Ficção de 2024.

A premiação está em busca de séries de áudio nos gêneros de terror, suspense, romance ou drama voltadas para os públicos millennial e Geração Z. Os vencedores vão receber um prêmio em dinheiro de 1.000 dólares e um reembolso de viagem de 500 dólares para participar do Austin Film Festival em outubro de 2024, além de também ganharem reuniões com executivos do Realm pra receberem feedbacks sobre os seus roteiros.

Mas por que esses feedbacks seriam relevantes pros criadores de conteúdo? Porque a Realm é uma empresa líder na indústria de séries de áudio monetizáveis. Alguns dos títulos deles são as séries "Harley Quinn & The Joker", "The Flash: Escape the Midnight Circus" e "Outliers", grandes sucessos de público.

Link

7 - E se você sentiu falta de um momento "é mole?" no episódio passado, já pode ficar feliz, porque hoje tem. Usuários do Twitter estão postando álbuns inteiros de K-pop como "podcast" no Spotify, e por conta das leis locais da Coréia do Sul, o Spotify não pode retirar os episódios do ar. Só que não é pra qualquer álbum que isso funciona e eu vou explicar por quê.

A questão toda começou com o grupo TVXQ (ou tê-vê-xis-quê), que desde 2009 têm travado várias batalhas legais contra a sua agência, a SM Entertainment. O grupo alegou que a empresa tomou créditos por composições que eram dos membros do grupo, fizeram o grupo assinar a renovação de contrato sem saber do que se tratava e mais um monte de coisa, os processos foram uma bagunça. Alguns deles ainda estão acontecendo nesse momento, e é aí que entra o Spotify.

O processo judicial da vez é sobre a quem pertencem os royalties dos últimos álbuns do grupo, se é pro TVXQ ou pra agência. Até que a questão legal seja resolvida, as músicas desses álbuns foram retiradas do Spotify e não podem ser adicionadas ao perfil do TVXQ. No entanto, enquanto o processo acontece, a justiça coreana entende que as músicas não pertencem a ninguém. Com essa brecha, os fãs do grupo colocaram os álbuns na plataforma como episódios de podcast.

Nesse caso, mesmo que a SM Entertainment ou o grupo entrem com o pedido pra retirar os episódios do ar, ele vai ser negado já que a música não é, legalmente, de ninguém. Já dizia o ditado: "cachorro que tem dois donos morre de fome".

Link

HOJE NO GIRO SOBRE PESSOAS QUE FAZEM A MÍDIA:

8 - O podcast Não Inviabilize está testando uma assinatura premium que vai oferecer histórias em dobro para os assinantes regulares do programa.

Atualmente, a assinatura regular custa R$15 por mês e dá acesso a um acervo com mais de 200 histórias exclusivas, e além disso, os assinantes podem ouvir as histórias novas antes de serem lançadas nas plataformas gratuitas.

Se der tudo certo com o teste da nova assinatura premium, ela vai ficar disponível aos ouvintes a partir de maio.

Link

9 - E na semana passada, o Alexandre Maron - sócio fundador da Ampere - postou no seu LinkedIn um agradecimento emocionado pelo lançamento do podcast Ditadura Recontada, feito numa parceria da CBN com a Globoplay.

Com seis episódios no total, o podcast apresenta áudios inéditos de Elio Gaspari, autor da coleção Ditadura. Inspirado nos cinco volumes da coleção e em mais de 300 horas de gravações do Elio, o podcast narra os bastidores e eventos do período militar no Brasil, desde a intervenção de 1964 até a abertura democrática.

O Alexandre agradeceu a equipe envolvida no projeto e mencionou com muito carinho a dedicação e esforço de cada pessoa que contribuiu para o sucesso do podcast.

O Ditadura Recontada é apresentado por Nadedja Calado e pela pesquisadora Helena Dias, e cada episódio fala sobre personagens, situações e fatos fundamentais para compreender os anos sombrios da ditadura na história brasileira. Os primeiros episódios já estão disponíveis em todas as principais plataformas de podcast.

Link

10 - E a Central3 apresentou o podcast Itinerâncias, o primeiro projeto selecionado na campanha Mais Vozes. Pra quem não tá lembrado, a Mais Vozes foi uma campanha afirmativa focada em apoiar podcasters, jornalistas e produtores independentes que fossem mulheres cis, pessoas trans, não-brancas, PCDs e outras minorias marginalizadas. Os projetos selecionados receberam prêmios como recurso financeiro, equipamentos de gravação e vinhetas originais.

O podcast Itinerâncias é uma produção que conta histórias de mulheres de cinco cidades brasileiras: Manaus, Belém, São Luís, Teresina e Fortaleza. As histórias dessas mulheres foram conhecidas durante uma itinerância realizada pelo Instituto Rebbu, levando o projeto "Não À Pobreza Menstrual" para diversas comunidades - daí o nome do podcast. O Itinerâncias vai ser lançado em breve na grade de programas da Central 3.

Link

SOBRE LANÇAMENTOS:

11 - Na semana passada foi ao ar o Podcast Aisholpan: O Poder da Inspiração (na língua original), um programa educacional idealizado pelo parlamento do Cazaquistão para adolescentes do sexo feminino, com apoio da União Europeia. O podcast tem o objetivo de capacitar e empoderar as adolescentes, promover liderança feminina, construir conexões geracionais e defender valores como humanismo, tolerância e proximidade com o meio ambiente.

Apresentado pela modelo e jornalista Aruzhan Khafiz, o podcast vai ser um bate-papo com convidados especiais, incluindo embaixadoras da União Européia no Cazaquistão e líderes de programas de subsídios na Europa. Os episódios vão ser lançados com poucos dias de intervalo.

Link

12 - Também na semana passada foi ao ar o Confraria do Charuto, o podcast oficial da Cigar Sommelier Academy, apresentado por mim e pelo criador da CSA, o chef e sommelier Gabriel Lourenço. O podcast é produzido pela Rádiofobia Podcast Network, e lá a gente vai falar sobre tudo que orbita o mundo do charuto.

O episódio de estreia foi lançado na última quarta-feira, 3 de abril, e, modéstia à parte, como todo bom podcast, já está disponível em todas as principais plataformas de áudio. Se você, assim como eu, é um entusiasta - ou apenas um curioso - sobre o mundo do charuto, não deixa de conferir.

Link

13 - E na quinta-feira, dia 4 de abril, também foi lançado o podcast Fita Amarela: Bastidores do Crime, trazendo detalhes chocantes do Caso do Posto Querência.

O Fita Amarela é um podcast de true crime, e o primeiro episódio trouxe o caso de Cleudison Bernardi, um adolescente desaparecido que foi vítima de um crime brutal em 1996. O programa é apresentado pelo jornalista Jota Júnior, que é quem vai explorar casos policiais marcantes da região de Maringá em sua primeira temporada de cinco episódios, lançados todas as quintas-feiras.

Link

RECOMENDAÇÃO NACIONAL:

14 - E por falar em true crime, a recomendação nacional dessa semana vai ser pra não um, mas pra dez podcasts. O portal Olhar Digital fez na última semana uma lista com os programas que eles consideram os 10 melhores podcasts brasileiros sobre Crimes Reais.

O tema têm sido muito popular aqui no Brasil e no mundo, desperta o interesse do público por motivos diversos, então aqui vai o top10 do Olhar Digital sobre podcasts brasileiros de true crime:

...É sangue que não acaba mais aqui na nossa pauta. Os links para todos os podcasts mencionados estão disponíveis na matéria completa do Olhar Digital, que você encontra na nossa página do LinkedIn, e na descrição desse episódio, como sempre.

Link

E assim a gente fecha esta décima edição do Pod Notícias. Acesse podnoticias.com.br para ter acesso à transcrição e os links das fontes de todas as notícias deste episódio!

Essa semana a gente vai dar um descansinho pra nossa Caixinha de Perguntas do Instagram, mas a gente volta semana que vem com a nossa interação!

Acompanhe o Pod Notícias diariamente:
- Page do Linkedin
- Instagram
- Canal público do Telegram

Ouça o Pod Notícias nos principais agregadores:
- Spotify
- Apple Podcasts
- Deezer
- Amazon Music
- PocketCasts

O Pod Notícias é uma produção original da Rádiofobia Podcast e Multimídia e publicado pela Rádiofobia Podcast Network, e conta com as colaborações de:
- Camila Nogueira - arte
- Eduardo Sierra - edição
- Lana Távora - pesquisa, pauta e redação final
- Leo Lopes - direção geral e apresentação
- Thiago Miro - pesquisa

Publicidade:
Entre em contato e saiba como anunciar sua marca, produto ou serviço no Pod Notícias.

See omnystudio.com/listener for privacy information.

  continue reading

1125 tập

Artwork
iconChia sẻ
 
Manage episode 411293829 series 2450309
Nội dung được cung cấp bởi Rádiofobia Podcast Network. Tất cả nội dung podcast bao gồm các tập, đồ họa và mô tả podcast đều được Rádiofobia Podcast Network hoặc đối tác nền tảng podcast của họ tải lên và cung cấp trực tiếp. Nếu bạn cho rằng ai đó đang sử dụng tác phẩm có bản quyền của bạn mà không có sự cho phép của bạn, bạn có thể làm theo quy trình được nêu ở đây https://vi.player.fm/legal.

Começa agora o POD NOTÍCIAS, a sua dose semanal de informação sobre o mercado de podcasts no Brasil e no mundo!

Falando de Serra Negra eu sou Leo Lopes, hoje é segunda-feira, dia 8 de abril de 2024 e esta é a nossa décima edição!

Sabia que você pode anunciar com a gente aqui no Pod Notícias? Se você tem uma marca, produto ou serviço e quer atingir um público qualificado que se interessa pelo podcast aqui no Brasil, o nosso público é o seu público. Manda um e-mail pra gente no contato@podnoticias.com.br, que a gente vai ter o maior prazer em conversar com você. Além disso, se você quiser colaborar com a gente, mandar texto, mandar pauta, também é muito bem-vindo, e pode fazer isso também pelo mesmo e-mail, que vai estar na descrição do episódio.

1 - Abrindo as notícias desse programa, vamos falar da nossa manchete de hoje. De acordo com a empresa Edison Research, lá nos Estados Unidos já existem mais de 100 milhões de ouvintes semanais de podcast.

A gente pincelou essa informação no episódio da semana passada, quando a gente falou que os podcasts já tem mais adesão do que a Netflix, mas hoje vamos trazer mais dados sobre como esse número impacta o cenário do podcast.

Primeiramente, o podcast não é mais considerado uma "mídia alternativa" nos Estados Unidos. Com esses números, por lá, nós já seríamos uma mídia mainstream, um veículo que caiu no gosto de todo mundo.

O hábito de ouvir podcasts no carro, principalmente num país cheio de carros tipo os Estados Unidos, também está em alta - e isso ameaça as rádios AM/FM, que sempre dominaram os trajetos dos americanos. A pesquisa também indicou aumento da familiaridade do público geral com podcasts, além da fidelidade dos ouvintes ao formato, com 47% deles ouvindo todo mês.

Outro ponto importante levantado no relatório, foi a diminuição da diferença de gênero no consumo de podcasts, com um aumento no número de ouvintes mulheres. A faixa etária dos ouvintes também está cada vez mais equilibrada. Ouvintes mais velhos são cada vez mais comuns - e talvez até passem o número de ouvintes jovens daqui a alguns anos.

Link

2 - Ainda de acordo com o Infinite Dial da Edison Research, o número mais expressivo de ouvintes de podcast ainda está na faixa dos 18 aos 34 anos. De toda essa faixa etária, cerca de 60% é ouvinte leal de podcasts.

Aliás, nesse grupo etário, o engajamento com anúncios de áudio é bem maior do que com anúncios feitos em streaming de músicas ou na TV.

Mas, apesar dos números indicarem que o podcast é uma das melhores mídias pra colocar uma propaganda, os investimentos publicitários em podcasts ainda são baixos e representam só 1% do total de gastos com publicidade nos Estados Unidos.

De acordo com vários especialistas de marketing, a sugestão é que as marcas reavaliem suas estratégias e dêem mais destaque aos podcasts, especialmente considerando o público feminino - já que cada vez mais mulheres tem acompanhado podcasts, e o poder de compra feminino tende a ser maior do que os homens para produtos.

Uma recomendação específica que foi dada, é que as empresas adotem a "solução 5% de Semsky", que consiste em colocar 5% do orçamento de mídia digital em podcasts, seguindo uma abordagem parecida com a que foi utilizada no início da TV a cabo pelo especialista Arnie Semsky.

Talvez agora que o podcast é considerado uma mídia convencional pros americanos, os anunciantes comecem a investir mais no áudio. Tomara que sim.

Link

3 - E chegamos ao dia em que o Google Podcasts foi oficialmente encerrado. Na terça-feira passada, dia 2, a plataforma foi descontinuada na América do Norte, com previsão de ser retirada do ar em até um mês.

Com o fim iminente do Google Podcasts, a empresa já estava fazendo campanhas havia vários meses pros usuários migrarem pro YouTube Music, que agora tem um novo visual na seção de comentários.

No novo formato, a aba de comentários do YouTube Music “empurra” o reprodutor para cima, exibindo os comentários dos usuários como se fosse uma gaveta de aplicativos, e o reprodutor encolhe no topo da tela pra virar um “mini player” que exibe o nome da música e do artista.

De acordo com o Google, outro recurso que está sendo testado é a otimização de comentários na parte dos podcasts. Esse novo design já foi liberado apenas para smartphones e não deve aparecer em tablets.

Link

AINDA EM NOTÍCIAS DA SEMANA:

4 - No dia 1º de abril, a empresa Accu Radio anunciou o lançamento de uma nova interface revolucionária chamada AccuGesture, com a qual os usuários poderiam controlar a experiência de streaming de música por meio de gestos humanos, sem precisar usar a tela sensível ao toque, o mouse ou mesmo a voz.

De acordo com o comunicado de imprensa, o sistema AccuGesture utiliza câmeras web e de smartphones para permitir que os ouvintes personalizem suas preferências apenas com movimentos. Alguns dos controles de movimento incluem se inscrever em um canal fazendo um simples sinal de "ok" para a câmera, ajustar o volume colocando os dedos nos ouvidos, classificar músicas desenhando estrelas no ar e banir músicas ou artistas com gestos específicos - que aqui é melhor a gente não comentar, mas talvez você imagine do que a gente tá falando...

A AccuRadio é uma plataforma de rádio online que desde o ano 2000 se destaca pela sua personalização, a variedade de conteúdos e a curadoria humana. E, sendo uma empresa que já é conhecida por ter esse approach humano, é claro que o anúncio era uma pegadinha de primeiro de abril. Só que o press release foi tão bem bolado, que muitos veículos de notícias acabaram noticiando como se fosse verdade - inclusive o Pod News, um dos maiores hubs de informação sobre podcast do mundo.

De acordo com o texto, a interface AccuGesture estava em período de testes e logo seria disponibilizada para outras plataformas. Quem sabe no dia 1º de abril do ano que vem esses testes se concluam.

Link

5 - E esse ano os podcasts estão tendo um crescimento bem significativo, talvez o maior desde 2022, o que levou alguns estudiosos da área a especular os motivos.

Alguns dos fatores chave desse crescimento incluem os avanços tecnológicos recentes, as mudanças nas preferências do consumidor e a evolução da mídia de áudio em geral - incluindo streamings de música e um novo fortalecimento do rádio.

Os podcasts, especialmente, estão impactando positivamente várias indústrias, como a do entretenimento, a da educação e também o marketing. Isso sem contar que os podcasters estão sempre buscando novas estratégias de monetização, o que movimenta novas pontas da economia.

As últimas previsões sobre o futuro do podcast indicam aumento contínuo do número de ouvintes nos próximos anos, e também aumento no valor de mercado da nossa mídia. Nada mais justo.

Link

E MAIS:

6 - O Realm Podcast Fellowship, sediado em Austin, Texas, anunciou uma nova parceria com o Festival de Cinema de Austin para patrocinar a Competição de Podcasts de Ficção de 2024.

A premiação está em busca de séries de áudio nos gêneros de terror, suspense, romance ou drama voltadas para os públicos millennial e Geração Z. Os vencedores vão receber um prêmio em dinheiro de 1.000 dólares e um reembolso de viagem de 500 dólares para participar do Austin Film Festival em outubro de 2024, além de também ganharem reuniões com executivos do Realm pra receberem feedbacks sobre os seus roteiros.

Mas por que esses feedbacks seriam relevantes pros criadores de conteúdo? Porque a Realm é uma empresa líder na indústria de séries de áudio monetizáveis. Alguns dos títulos deles são as séries "Harley Quinn & The Joker", "The Flash: Escape the Midnight Circus" e "Outliers", grandes sucessos de público.

Link

7 - E se você sentiu falta de um momento "é mole?" no episódio passado, já pode ficar feliz, porque hoje tem. Usuários do Twitter estão postando álbuns inteiros de K-pop como "podcast" no Spotify, e por conta das leis locais da Coréia do Sul, o Spotify não pode retirar os episódios do ar. Só que não é pra qualquer álbum que isso funciona e eu vou explicar por quê.

A questão toda começou com o grupo TVXQ (ou tê-vê-xis-quê), que desde 2009 têm travado várias batalhas legais contra a sua agência, a SM Entertainment. O grupo alegou que a empresa tomou créditos por composições que eram dos membros do grupo, fizeram o grupo assinar a renovação de contrato sem saber do que se tratava e mais um monte de coisa, os processos foram uma bagunça. Alguns deles ainda estão acontecendo nesse momento, e é aí que entra o Spotify.

O processo judicial da vez é sobre a quem pertencem os royalties dos últimos álbuns do grupo, se é pro TVXQ ou pra agência. Até que a questão legal seja resolvida, as músicas desses álbuns foram retiradas do Spotify e não podem ser adicionadas ao perfil do TVXQ. No entanto, enquanto o processo acontece, a justiça coreana entende que as músicas não pertencem a ninguém. Com essa brecha, os fãs do grupo colocaram os álbuns na plataforma como episódios de podcast.

Nesse caso, mesmo que a SM Entertainment ou o grupo entrem com o pedido pra retirar os episódios do ar, ele vai ser negado já que a música não é, legalmente, de ninguém. Já dizia o ditado: "cachorro que tem dois donos morre de fome".

Link

HOJE NO GIRO SOBRE PESSOAS QUE FAZEM A MÍDIA:

8 - O podcast Não Inviabilize está testando uma assinatura premium que vai oferecer histórias em dobro para os assinantes regulares do programa.

Atualmente, a assinatura regular custa R$15 por mês e dá acesso a um acervo com mais de 200 histórias exclusivas, e além disso, os assinantes podem ouvir as histórias novas antes de serem lançadas nas plataformas gratuitas.

Se der tudo certo com o teste da nova assinatura premium, ela vai ficar disponível aos ouvintes a partir de maio.

Link

9 - E na semana passada, o Alexandre Maron - sócio fundador da Ampere - postou no seu LinkedIn um agradecimento emocionado pelo lançamento do podcast Ditadura Recontada, feito numa parceria da CBN com a Globoplay.

Com seis episódios no total, o podcast apresenta áudios inéditos de Elio Gaspari, autor da coleção Ditadura. Inspirado nos cinco volumes da coleção e em mais de 300 horas de gravações do Elio, o podcast narra os bastidores e eventos do período militar no Brasil, desde a intervenção de 1964 até a abertura democrática.

O Alexandre agradeceu a equipe envolvida no projeto e mencionou com muito carinho a dedicação e esforço de cada pessoa que contribuiu para o sucesso do podcast.

O Ditadura Recontada é apresentado por Nadedja Calado e pela pesquisadora Helena Dias, e cada episódio fala sobre personagens, situações e fatos fundamentais para compreender os anos sombrios da ditadura na história brasileira. Os primeiros episódios já estão disponíveis em todas as principais plataformas de podcast.

Link

10 - E a Central3 apresentou o podcast Itinerâncias, o primeiro projeto selecionado na campanha Mais Vozes. Pra quem não tá lembrado, a Mais Vozes foi uma campanha afirmativa focada em apoiar podcasters, jornalistas e produtores independentes que fossem mulheres cis, pessoas trans, não-brancas, PCDs e outras minorias marginalizadas. Os projetos selecionados receberam prêmios como recurso financeiro, equipamentos de gravação e vinhetas originais.

O podcast Itinerâncias é uma produção que conta histórias de mulheres de cinco cidades brasileiras: Manaus, Belém, São Luís, Teresina e Fortaleza. As histórias dessas mulheres foram conhecidas durante uma itinerância realizada pelo Instituto Rebbu, levando o projeto "Não À Pobreza Menstrual" para diversas comunidades - daí o nome do podcast. O Itinerâncias vai ser lançado em breve na grade de programas da Central 3.

Link

SOBRE LANÇAMENTOS:

11 - Na semana passada foi ao ar o Podcast Aisholpan: O Poder da Inspiração (na língua original), um programa educacional idealizado pelo parlamento do Cazaquistão para adolescentes do sexo feminino, com apoio da União Europeia. O podcast tem o objetivo de capacitar e empoderar as adolescentes, promover liderança feminina, construir conexões geracionais e defender valores como humanismo, tolerância e proximidade com o meio ambiente.

Apresentado pela modelo e jornalista Aruzhan Khafiz, o podcast vai ser um bate-papo com convidados especiais, incluindo embaixadoras da União Européia no Cazaquistão e líderes de programas de subsídios na Europa. Os episódios vão ser lançados com poucos dias de intervalo.

Link

12 - Também na semana passada foi ao ar o Confraria do Charuto, o podcast oficial da Cigar Sommelier Academy, apresentado por mim e pelo criador da CSA, o chef e sommelier Gabriel Lourenço. O podcast é produzido pela Rádiofobia Podcast Network, e lá a gente vai falar sobre tudo que orbita o mundo do charuto.

O episódio de estreia foi lançado na última quarta-feira, 3 de abril, e, modéstia à parte, como todo bom podcast, já está disponível em todas as principais plataformas de áudio. Se você, assim como eu, é um entusiasta - ou apenas um curioso - sobre o mundo do charuto, não deixa de conferir.

Link

13 - E na quinta-feira, dia 4 de abril, também foi lançado o podcast Fita Amarela: Bastidores do Crime, trazendo detalhes chocantes do Caso do Posto Querência.

O Fita Amarela é um podcast de true crime, e o primeiro episódio trouxe o caso de Cleudison Bernardi, um adolescente desaparecido que foi vítima de um crime brutal em 1996. O programa é apresentado pelo jornalista Jota Júnior, que é quem vai explorar casos policiais marcantes da região de Maringá em sua primeira temporada de cinco episódios, lançados todas as quintas-feiras.

Link

RECOMENDAÇÃO NACIONAL:

14 - E por falar em true crime, a recomendação nacional dessa semana vai ser pra não um, mas pra dez podcasts. O portal Olhar Digital fez na última semana uma lista com os programas que eles consideram os 10 melhores podcasts brasileiros sobre Crimes Reais.

O tema têm sido muito popular aqui no Brasil e no mundo, desperta o interesse do público por motivos diversos, então aqui vai o top10 do Olhar Digital sobre podcasts brasileiros de true crime:

...É sangue que não acaba mais aqui na nossa pauta. Os links para todos os podcasts mencionados estão disponíveis na matéria completa do Olhar Digital, que você encontra na nossa página do LinkedIn, e na descrição desse episódio, como sempre.

Link

E assim a gente fecha esta décima edição do Pod Notícias. Acesse podnoticias.com.br para ter acesso à transcrição e os links das fontes de todas as notícias deste episódio!

Essa semana a gente vai dar um descansinho pra nossa Caixinha de Perguntas do Instagram, mas a gente volta semana que vem com a nossa interação!

Acompanhe o Pod Notícias diariamente:
- Page do Linkedin
- Instagram
- Canal público do Telegram

Ouça o Pod Notícias nos principais agregadores:
- Spotify
- Apple Podcasts
- Deezer
- Amazon Music
- PocketCasts

O Pod Notícias é uma produção original da Rádiofobia Podcast e Multimídia e publicado pela Rádiofobia Podcast Network, e conta com as colaborações de:
- Camila Nogueira - arte
- Eduardo Sierra - edição
- Lana Távora - pesquisa, pauta e redação final
- Leo Lopes - direção geral e apresentação
- Thiago Miro - pesquisa

Publicidade:
Entre em contato e saiba como anunciar sua marca, produto ou serviço no Pod Notícias.

See omnystudio.com/listener for privacy information.

  continue reading

1125 tập

Tất cả các tập

×
 
Loading …

Chào mừng bạn đến với Player FM!

Player FM đang quét trang web để tìm các podcast chất lượng cao cho bạn thưởng thức ngay bây giờ. Đây là ứng dụng podcast tốt nhất và hoạt động trên Android, iPhone và web. Đăng ký để đồng bộ các theo dõi trên tất cả thiết bị.

 

Hướng dẫn sử dụng nhanh